University of Coimbra > Cânone Lusófono: Letras e Livros

Cânone Lusófono: Letras e Livros

Numa Literatura rica e secular como é o caso da Literatura Portuguesa, é muito difícil selecionar um pequeníssimo conjunto de nomes representativos. A escolha que apresentamos é, por isso, assumidamente parcial e parcelar. Ainda assim, foi objectivo das coordenadoras oferecer uma revisitação de alguns dos escritores responsáveis pela consubstanciação do nosso cânone literário entre o século XV e o século XXI. Conduzidos por grandes especialistas, estes episódios, gravados em ambientes mais informais do que o espaço da sala de aula, facultam uma panorâmica geral da vida e da obra de autores como Gil Vicente, Luís de Camões, Almeida Garrett, Eça de Queirós, José Saramago ou António Lobo Antunes, procurando cristalizar, nos cerca de 20 minutos de duração, os temas, os estilos, as ideologias e as inquietações de cada um desses escritores.

# Nome Descrição Data de publicação
1 FIALHO DE ALMEIDA (1857-1911) Médico de formação, distinguiu-se como escritor, crítico e jornalista. Autor com rasgos de génio, tem um estilo inconfundível, oscilando entre pólos extremos – a prosa lírica e a sátira violenta, o sublime e a vulgaridade Ter, 18 Jun 2013 15:42
2 CESÁRIO VERDE (1855-1886) Marco do realismo na poesia portuguesa e precursor de tendências modernistas na escrita de deambulação fenomenológica, Cesário Verde nunca abandonará as referências à sua extracção sociocultural Ter, 18 Jun 2013 15:32
3 EÇA DE QUEIRÓS (1845-1900) O trajecto literário de Eça de Queirós é aqui caracterizado, em função dos géneros literários que cultivou, dos movimentos literários que no seu tempo conheceu e das grandes mudanças sociais, culturais e ideológicas que a sua obra testemunhou e incorporou Ter, 18 Jun 2013 10:52
4 CAMILO CASTELO BRANCO (1825-1890) Camilo Castelo Branco ocupa um lugar central na evolução do romantismo português. Autor de uma obra muito extensa e variada, celebrizou-se como romancista entre dois mundos estético-culturais, um romantismo congénito e um realismo natural Ter, 18 Jun 2013 10:45
5 ALMEIDA GARRETT (1799-1854) Poeta-cidadão, pioneiro do Romantismo português. A formação no cristianismo esclarecido e no gosto neoclássico, com entrega à militância liberal; os exílios, as decepções e a iniciação romântica; a inovadora ductilidade geológica e estilística Sex, 14 Jun 2013 17:25
6 LUÍS DE CAMÕES (1525?/1580) Mais conhecido como criador de Os Lusíadas, Camões é também autor seguro de mais de três centenas de composições poéticas (em verso peninsular e em verso de medida nova), de três peças de teatro e ainda de algumas cartas, de interesse biográfico Sex, 14 Jun 2013 16:57
7 GIL VICENTE (1465?/1536) Reconhecido como o maior dramaturgo português de todos os tempos, Gil Vicente ocupa um lugar central na Literatura e na Cultura Portuguesas do século XVI, sendo apenas superado pela aura de Luís de Camões Sex, 14 Jun 2013 15:10
8 Apresentação Apresentação Qui, 06 Jun 2013 12:22

Número de episódios: 8